Postado em 16/10/2018

Metabolismo acelerado evita o aumento de peso, mas pode ser um problema. Entenda!

As vantagens de um metabolismo acelerado para a saúde são nítidas: evita o acúmulo de gordura e a obesidade, diminui o risco de doenças do coração e mantém o organismo regulado. Porém, esse tipo de metabolismo também tem as suas desvantagens.

Quem tem metabolismo acelerado queima mais calorias durante o dia, motivo pelo qual o acúmulo de gordura é mínimo. Enquanto isso, as pessoas que apresentam um metabolismo lento entram no caminho contrário, exigindo mais cuidado com a saúde.

O problema é que todos os extremos são prejudiciais. Quem tem muita facilidade para queimar as calorias precisa consequentemente ingerir mais combustível – alimentos – para manter o corpo em um funcionamento correto, uma vez que a absorção dos nutrientes também é afetada.

O ideal é ter um metabolismo balanceado, mas não é possível ter um controle sobre esse fator. Normalmente, a velocidade é estabelecida por questões genéticas, embora fatores externos também tenham alguma influência.

Tenho metabolismo acelerado?

Para descobrir se o seu metabolismo é acelerado, o ideal é consultar um nutricionista. A facilidade para perder peso e a dificuldade de ganhá-lo são sinais óbvios, mas não necessariamente significam que você está nesse contexto.

São vários os fatores que podem influenciar no ganho e perda de peso, então nem sempre o responsável é o metabolismo. Fatores físicos e emocionais também podem estar envolvidos, como a prática de atividades físicas, a falta de alimentação correta, o estresse etc.

Em adição, quem tem dificuldades de absorver os alimentos adequadamente tem disposição para desenvolver diversas doenças e problemas de saúde pela falta de nutrientes. Confira a seguir alguns sinais que requerem atenção!

Agravantes do metabolismo acelerado

No metabolismo acelerado, as funções do corpo ficam desreguladas e o indivíduo se torna mais propenso a problemas hormonais e imunológicos. Alguns exemplos o hipertireoidismo e a alta frequência de infecções, anemia e febre.

Fraquezas musculares também são comuns, porque o organismo gera o catabolismo da massa muscular para gastar a energia que precisa. Nesse sentido, quem frequenta academias na busca por massa magra costuma ter mais dificuldades para atingir o objetivo.

O esforço para encontrar energia no corpo gera ainda cansaço e fadiga. É comum o aumento dos batimentos cardíacos, o que consome muito combustível. Esses fatores podem levar inclusive a insônias e sono desregulado.

O nutricionista ou nutrólogo pode indicar uma dieta balanceada e o estilo de vida ideal para manter um organismo saudável. Por isso, se você tem sinais de problemas de peso, consulte um especialista!

O estresse pode ser uma das causas de um metabolismo acelerado ou lento. Confira nosso post “Estresse: como aliviar os sintomas e descubra algumas dicas que podem te ajudar a relaxar!