Postado em 26/07/2017

Como evitar dor de cabeça constante

A dor de cabeça é um dos problemas mais comuns relacionados à saúde no cotidiano. A OMS (Organização Mundial da Saúde) aponta que pelo menos 75% dos adultos já sofreram com o mal durante a vida – o que parece até um número baixo se analisarmos o quão comum ele é. Para aliviar os sintomas, recorremos a várias técnicas, como a ingestão de comprimidos analgésicos e massagens no foco da dor. Mas melhor que remediar é prevenir. O que pode ser feito para evitar que aquela enxaqueca apareça? Nós temos algumas dicas para você!

Alimentos prejudiciais

Uma taxa alta de colesterol no organismo é um dos principais fatores para o surgimento da dor de cabeça, pois pode entupir os canais venosos. Por isso, é importante evitar frituras e alimentos gordurosos. Muito sódio e açúcar também podem causar os sintomas.

Alimentos benéficos

Se alguns alimentos podem desencadear a dor de cabeça, outros são benéficos para evitá-la. Entre alguns exemplos, podemos citar vegetais de folhas verdes, que possuem vários tipos de vitaminas e antioxidantes. Peixes com alta concentração de ômega-3 são importantes anti-inflamatórios. Ovo e ervilha trazem vitaminas do complexo B, funcionando como alicerce antidor e ajudando na saúde dos olhos e musculatura. Com ação antioxidante, a cenoura, a couve e o gengibre também ajudam a evitar inflamações. A cenoura é ótima para a visão, agindo contra outro sintoma da dor de cabeça (visão embaçada). Já a couve e o gengibre ajudam no combate e prevenção de gripes e resfriados, devido à boa concentração de vitamina C. Outro alimento interessante é a banana. Ao fornecer magnésio e aminoácidos responsáveis pela produção de serotonina, ela influencia no bom humor e relaxamento do corpo, evitando quadros de estresse e as doenças relacionadas.

Evite cafeína

O café, na verdade, funciona como agente duplo. Para algumas pessoas, ele é até capaz de ajudar a evitar a dor, mas o excesso de cafeína pode viciar e trazer uma síndrome de abstinência. Junto com a função diurética, facilitando perda de líquidos, esse fato favorece o surgimento da dor de cabeça.

Diminua o consumo de álcool

As dores de cabeça são o principal efeito de uma ressaca. Mesmo que não haja exageros, pessoas que bebem com frequência costumam relatar maior índice de reclamações durante o dia. Se você apresenta crises constantes, que tal começar a maneirar no happy hour?

Reduza os analgésicos

Se você tem o hábito de tomar comprimidos ao menor sinal de dor, pense duas vezes. Eles podem até aliviar os sintomas, mas a dependência pode causar o efeito contrário e aumentar a frequência das dores.

Essas dicas irão te ajudar a evitar as dores recorrentes, mas é importante visitar o médico em quadros críticos. As enxaquecas podem ter relação com alguma doença não diagnosticada. Que tal checar o nosso e-book gratuito “As doenças mais comuns para cada faixa etária”?