Postado em 10/07/2018

Doenças autoimunes da tireoide: Conheça os principais problemas de saúde na glândula

Você com certeza já ouviu falar sobre hipotireoidismo e hipertireoidismo, certo? São problemas endócrinos que podem ter várias causas, como as doenças autoimunes da tireoide.

A tireoide é uma glândula responsável pela secreção e controle de hormônios. Nas doenças autoimunes da tireoide, o corpo envia anticorpos para a região, provocando um desequilíbrio na produção desses hormônios.

As causas podem ser tanto genéticas como externas, sendo que a ocorrência das enfermidades é muito maior no sexo feminino. Alguns fatores ambientais comuns são o alto consumo de iodo, o estresse frequente e o tabagismo.

Há duas classificações gerais para as doenças autoimunes da tireoide: o hipotireoidismo autoimune e o hipertireoidismo. No primeiro caso, é muito comum a tireoidite de Hashimoto, enquanto que o hipertireoidismo é bastante visto na doença de Graves.

Confira a seguir um pouco sobre essas enfermidades e quais são as medidas de tratamento!

Tireoidite de Hashimoto

Doença autoimune que causa hipotireoidismo, a tireoidite de Hashimoto surge quando o organismo desenvolve anticorpos para atacar a tireoide. As células da glândula começam a ser destruídas, reduzindo a quantidade necessária de hormônios na corrente sanguínea.

Com a inflamação, o tamanho da tireoide aumenta, desenvolvendo o bócio e criando uma consistência mais rígida ou nodular. Com isso, o indivíduo tem certa dificuldade para engolir os alimentos e passa a apresentar outros sintomas relacionados.

Alguns efeitos que o bócio e a tireoidite de Hashimoto podem causar são fadiga, rouquidão, raciocínio lento, alteração nos reflexos, pele ressecada, entre outros. Distúrbios alimentares também podem ser constatados, variando entre extremos, desde o ganho de peso até a anorexia.

O tratamento é indicado de acordo com o tipo da doença, que varia de acordo com os anticorpos. Para essa identificação, o procedimento requer exames de sangue.

Doença de Graves

A doença de Graves – também conhecida por Basedow-Graves – é a principal doença ligada ao hipertireoidismo. A condição é provocada pela presença de anticorpos que causam um aumento anormal na secreção dos hormônios T3 e T4 na tireoide.

A consequência principal é um aumento metabólico no organismo, ocasionando uma série de sintomas. É normal que o paciente tenha perda de peso e de cabelo devido a esse metabolismo desregulado. O bócio também é um sintoma bem comum, assim como o surgimento de placas endurecidas na pele e olhos salientes.

Outros sintomas que podem aparecer são tremores nas mãos, sudorese, nervosismo e até um quadro mais preocupante, a taquicardia. Por isso, o tratamento deve ser iniciado o quanto antes após o diagnóstico. O procedimento inclui medicamentos específicos para controlar os níveis de hormônios da tireoide.

Se você tem histórico de problemas de tireoide na família ou sente algum incômodo na região, precisa estar atento e buscar acompanhamento médico. Consultas de rotina são importantes para a prevenção de várias enfermidades e com as doenças autoimunes da tireoide não é diferente!

Acesse a página inicial do JM Consultórios e agende sua visita com os nossos médicos!