Postado em 06/09/2017

Como diferenciar se você está com virose ou alergia

Começou a espirrar? É muito comum achar que um belo resfriado está vindo por aí, mas pode ser que não seja exatamente esse o problema. Afinal, o espirro também pode ser sintoma de uma alergia. Então como saber se é virose ou alergia?

Depois de ler este artigo, você terá mais facilidade para diferenciar, mas é preciso entender como elas agem. Vamos falar não só sobre as semelhanças e diferenças, mas sobre as formas como essas doenças se espalham e dicas de prevenção nas épocas mais propícias.

Como uma virose ou alergia ataca

A confusão sobre virose ou alergia é muito comum não só pelo surgimento dos espirros, mas pela forma de contágio. Gripes, resfriados e alergias são todos causados pela invasão de substâncias estranhas ao organismo pelas vias respiratórias.

São muito comuns em mudanças bruscas de temperatura, tempo seco e cidades com ar muito poluído. Ambientes fechados também são perfeitos para a ação desses invasores, principalmente no inverno.

O inverno é a época em que as pessoas mais ficam em lugares fechados, procurando se aquecer. Dessa forma, não só se submetem a mudanças constantes de temperatura como aumentam as chances de contato com ambientes de contágio.

É virose ou alergia?

Os sintomas podem ser parecidos, mas é mais fácil identificar se você está com virose ou alergia do que se imagina. Há algumas diferenças nos sintomas em comum.

O muco que escorre do nariz, por exemplo, difere de cor. Na alergia, ele é mais claro e de consistência menos pastosa. Já em uma virose, pode se tornar amarelado ou até acinzentado.

Outro sintoma diz respeito à garganta. Na alergia, ela fica irritada, assemelhando-se a uma coceira. A própria tosse é seca, sem muco.

Enquanto isso, um resfriado deixa a garganta mais sensível e dolorida, podendo causar dificuldade para engolir. Na tosse, são grandes as chances de haver catarro.

Há também sintomas mais singulares para saber quando o problema é virose ou alergia.

Alergia

Uma alergia pode causar inchaços e vermelhidões na pele. Isso acontece porque os vasos sanguíneos se expandem pela liberação de histamina.

Coceiras também são muito comuns, podendo afetar não só a pele, mas outros órgãos do corpo, como olhos, boca e ouvidos.

Outra forma de diferenciar as duas enfermidades é que é mais comum haver entupimento das vias nasais em uma alergia do que em viroses. Acontece um estreitamento das vias, gerando falta de ar.

Por fim, você pode ouvir chiados ou assobios durante a respiração em quadros de alergia.

Resfriado

Uma virose costuma vir acompanhada de sintomas mais fortes. Febres, por exemplo, acontecem porque o corpo aumenta a temperatura na tentativa de extinguir os vírus. Esses micro-organismos têm dificuldade para sobreviver em altas temperaturas.

É comum também sentir dores e fadigas no corpo, causadas por inflamações musculares. Outro ponto que inflama são os canais lacrimais. É por isso, que costumamos lacrimar bastante durante uma virose.

Um último sintoma que queremos destacar é a falta de apetite. Ela é causada por mudanças na produção de enzimas na saliva durante temperaturas mais elevadas do corpo.

Agora ficou mais fácil diferenciar quando você pegou uma virose ou alergia, não é? Ainda assim, não deixe de consultar um médico quando os sintomas atacarem. Confira também o e-book “As doenças mais comuns para cada faixa etária e saiba como tratar outras enfermidades.